CRCPB Entrevista Kléber Marques, presidente da Comissão de Integridade

Garantir o comprometimento da alta administração com o desenvolvimento de uma cultura de integridade. Este é o principal objetivo do Plano de Integridade, instituído pela nova gestão do Conselho Regional de Contabilidade, em 03 de Julho de 2020. Para a criação do Plano, foi instituída a Comissão de Integridade, presidida pelo contador público Kléber Marques, convidado da primeira edição do CRCPB Entrevista. Confira o que ele falou sobre o papel da Comissão dentro e fora do Conselho e as principais diferenças entre ética e integridade.

Continuar lendo CRCPB Entrevista Kléber Marques, presidente da Comissão de Integridade

Encerramento do Exercício 2020

Participe conosco do V WEBINAR CONFORMIDADE. O tema será *CONFORMIDADE DE GESTÃO* V – WEBINAR EM CONFORMIDADE CONTÁBIL [ CONFORMIDADE DE GESTÀO] Abordaremos 1. Manual SIAFI Macrofunção 02.03.14 2. Conformidade Documental 3. Evidenciação da Conformidade Documental 4. Sabatina de Perguntas E MAIS: UM GRUPO EXCLUSIVO NO TELEGRAM PARA RETIRADA DE DÚVIDAS

Continuar lendo Encerramento do Exercício 2020

Aderência a boas práticas no combate à fraude e corrupção.

"Segundo a metodologia utilizada, o poder de compra é confrontado com o grau de aderência às boas práticas para identificar se a organização tem um nível aceitável ou não de aderência às boas práticas de combate à fraude e à corrupção."

Continuar lendo Aderência a boas práticas no combate à fraude e corrupção.

O combate à fraude e corrupção e seus impactos no mercado paraibano e nacional.

200 MILHÕES: Esse é o valor estimado da multa, que poderá ser aplicada à uma das empresas envolvidas em corrupção, no estado da Paraíba. O valor pode chegar até 20% do faturamento anual, ou seja, uma das organizações, segundo informações divulgadas na mídia, mantinha apenas com o governo da Paraíba contratos na casa de R$1 bilhão de reais, mas é sabido que a mesma também havia contratado com outros estados, como RJ e RS. Se levarmos em consideração apenas o contrato com o governo da Paraíba, a multa aplicada pela Lei 12.846/13 será de aproximadamente R$200 milhões de reais, sem prejuízo das demais penalidades.

Continuar lendo O combate à fraude e corrupção e seus impactos no mercado paraibano e nacional.

Gente que Transforma| Eficiência do gasto Público.

@contadorklebermarques é Contador Público Federal no IFPB e assessora a Gestão com informações sobre a realidade orçamentária, econômica, financeira e contábil da instituição. Ele nos conta a importância de uma gestão eficiente contra a corrupção e sua história de superação com grandes acontecimentos em sua vida. Venha conferir essa história transformadora.

Continuar lendo Gente que Transforma| Eficiência do gasto Público.

91% das organizações públicas no MS são suscetíveis à fraude e à corrupção.

O trabalho foi realizado pelo TCU em parceria com a Controladoria Regional da União no Estado do Mato Grosso do Sul (CGU-MS), Tribunal de Contas do Estado (TCE-MS), Controladoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul (CGE-MS) e Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência (CGM-Campo Grande).

Continuar lendo 91% das organizações públicas no MS são suscetíveis à fraude e à corrupção.

O que é a gestão de riscos para a integridade e por quê realizá-la?

Pesquisas mostram que, assim como a Educação, Saúde e Segurança, a Corrupção passou a ser uma grande preocupação da sociedade, que, cada vez mais, exige serviços de qualidade e condutas éticas dos agentes públicos. Por isso trabalhar metodologias de análise de riscos éticos e de integridade tem sido uma demanda bastante procurada pela sociedade e pelas organizações como um todo, sejam elas públicas ou privadas.

Continuar lendo O que é a gestão de riscos para a integridade e por quê realizá-la?

Segundo o TCU, órgão federal que fiscaliza barragens é o 2º mais exposto a fraudes e corrupção.

A Agência Nacional de Mineração (ANM), instituição responsável por fiscalizar mineradoras e garantir a segurança de barragens, como a que rompeu em Brumadinho(MG), é o segundo órgão federal mais exposto à fraude e à corrupção no país.

Continuar lendo Segundo o TCU, órgão federal que fiscaliza barragens é o 2º mais exposto a fraudes e corrupção.

Órgãos de Controle do Mato Grosso do Sul se unem no combate à fraude e à corrupção nas organizações públicas.

A união de forças entre as instituições foi demonstrada em um Painel de Referência de Auditoria realizado no Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul. Na ocasião…

Continuar lendo Órgãos de Controle do Mato Grosso do Sul se unem no combate à fraude e à corrupção nas organizações públicas.