Alterações orçamentárias em tempos de pandemia.

“Portanto, o produto de uma ação, como resultado, deve visar a concretização/realização dos objetivos pretendidos nos programas. O conjunto dos produtos de determinadas ações viabilizará a execução do objetivo e o cumprimento da meta geral estabelecida para um programa finalístico, mensurada por um indicador de resultado.”MTO 2020.

Continuar lendo Alterações orçamentárias em tempos de pandemia.

É tempo de mudança.

Quem já foi nosso aluno sabe do que estou falando, pois desde 2016, que trabalhamos com base no Manual de Auditoria Financeira do TCU, elaboramos relatórios segregados por área (almoxarifado, patrimônio, contratos, etc) exploramos a capacidade argumentativa do contador e publicamos um relatório detalhado sobre a situação Patrimonial, Contábil, Financeira e Orçamentária da unidade pela qual éramos responsáveis.

Continuar lendo É tempo de mudança.

Assédio Moral no Serviço Público

“O assédio moral, mais do que apenas uma provocação no local de trabalho, como sarcasmo, crítica, zombaria e trote, é uma campanha psicológica com o objetivo de fazer da vítima uma pessoa rejeitada. Ela é submetida a difamação, abusos verbais, agressões e tratamento frio e impessoal.”

Continuar lendo Assédio Moral no Serviço Público

Metodologia de Apuração do Grau de Aderência das Organizações Públicas a Práticas de Combate à Fraude/Corrupção do Referencial do TCU.

O trabalho de apuração do grau de aderência das organizações a práticas de combate à fraude e corrupção tem por objetivo conhecer a adequação das organizações públicas a práticas de combate à fraude e corrupção, de forma a subsidiar o direcionamento dos trabalhos de auditoria e futuras ações de controle, além de propor melhorias a essas organizações no sentido de adoção de boas práticas de prevenção, detecção, investigação, correção e monitoramento, no combate à fraude e à corrupção.

Continuar lendo Metodologia de Apuração do Grau de Aderência das Organizações Públicas a Práticas de Combate à Fraude/Corrupção do Referencial do TCU.

Poder de Barganha: Análise de Exposição ao Risco na Interação do Setor Público e Setor Privado

Um ponto que merece atenção é a constatação de que Organizações Públicas estão auto consumindo seus recursos, uma nova modalidade de gasto que merecem uma analise mais apurada por possuir elementos de materialidade, criticidade e relevância.

Continuar lendo Poder de Barganha: Análise de Exposição ao Risco na Interação do Setor Público e Setor Privado

Análise das demonstrações contábeis como técnica de mapeamento da suscetibilidade a fraudes e corrupção.

A realidade mostra que praticamente qualquer organização, como órgão, autarquia, empresa pública, sociedades de economia mista, parcerias público-privadas, fundações, organizações sociais, fundos de pensão, etc., está sob o risco de fraude e de corrupção, bastando para tal a existência de recursos públicos disponíveis para atrair a cobiça dessas máfias.

Continuar lendo Análise das demonstrações contábeis como técnica de mapeamento da suscetibilidade a fraudes e corrupção.

Delação Premiada e Estado de Direito

sem dúvida diante a atual situação política do Brasil, esse instrumento tem sido utilizado com mais freqüência, diante do acordo feito pela força-tarefa da Operação Lava Jato, liderado através da Policia Federal, com o objetivo de combater a corrupção no país.

Continuar lendo Delação Premiada e Estado de Direito

Desafios e Dificuldades para Implantação dos RCPG – Relatórios Contábeis de Propósito Geral

Modelo de trabalho desenvolvido no Campus João Pessoa do IFPB – Instituto Federal da Paraíba – foi tema de palestra no 48º FONAITEC.

Continuar lendo Desafios e Dificuldades para Implantação dos RCPG – Relatórios Contábeis de Propósito Geral

A importância de relatórios gerenciais no auxílio ao controle patrimonial no setor público

O controle patrimonial, em uma instituição pública, é essencial e deveria ser levado mais a sério pelos gestores públicos. Infelizmente, não é isso que acontece na maioria das instituições.

Continuar lendo A importância de relatórios gerenciais no auxílio ao controle patrimonial no setor público

O CONTADOR

Enquanto a sociedade estiver me pagando um salário para que eu exerça a minha função de contador público, eu vou fazer o possível para orientar os gestores públicos a utilizarem os recursos com eficiência, eficácia e efetividade. Para isso é necessário dar transparência aos gastos e fomentar o controle social.

Continuar lendo O CONTADOR

O Poder de Compra como fator de risco à fraude e corrupção.

Para esse trabalho, fomos norteados pelo material publicado pela Contabilidade do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Campus João Pessoa, identificado pela Secretaria de Controle Externo do TCU, no Mato Grosso do Sul, e recomendada através do Acórdão Nº 2377/2017 Plenário. O projeto visou apresentar uma proposta prática e aperfeiçoada para as metodologias do Poder de Compra já existentes.

Continuar lendo O Poder de Compra como fator de risco à fraude e corrupção.

A contabilidade pública está em alta. Saiba aproveitar as oportunidades que o mercado oferece.

Gerir um órgão púbico é totalmente distinto de gerir uma empresa privada, principalmente quando envolve a interpretação de dados para a tomada de decisão. Por isso, é fundamental o papel de um contador público especializado no auxílio a esse trabalho.

Continuar lendo A contabilidade pública está em alta. Saiba aproveitar as oportunidades que o mercado oferece.

Relatórios gerenciais no setor público: amadorismo na gestão pública caminha para o fim.

Os RCPGs são relatórios contábeis elaborados para atender às necessidades dos usuários em geral, não tendo o propósito de atender a finalidades ou necessidades específicas de determinados grupos de usuários.
Em recente acórdão nº 2377/2017, o Tribunal de Contas da União (TCU) menciona o trabalho publicado pela contabilidade do campus João Pessoa, através dos RCPGs. O material servirá de base para implantação de uma metodologia de auditoria que será utilizada pelo TCU.

Continuar lendo Relatórios gerenciais no setor público: amadorismo na gestão pública caminha para o fim.