O que é um Programa de Integridade?
"Um programa de integridade é o conjunto de medidas e ações institucionais voltadas para a prevenção, detecção, punição e remediação de fraudes e atos de corrupção."

Saiba mais
KleberMarques.com.br
Ser Contador Público é ser o profissional responsável por assessorar os gestores públicos na tomada de decisões, auxiliar os órgãos de controle externo no combate a fraudes e corrupção, e zelar pela eficiência, eficácia e efetividade dos gastos públicos na instituição.

Kleber Marques

Acesse nosso site
CKM.blog.br
Enquanto a sociedade estiver me pagando um salário para que eu exerça a minha função de contador público, eu vou fazer o possível para orientar os gestores públicos a utilizarem os recursos com eficiência, eficácia e efetividade.

Kleber Marques

Assine nosso Blog
Previous
Next
  •  Junte-se a mais de 70.000 usuários e receba gratuitamente as atualizações do blog.

O Blog CKM foi e é um grande desafio para quem é apaixonado por números. Escrever, definitivamente, não é nosso dom, mas superar desafios, querer fazer algo diferente, tentar contribuir, de alguma forma, para uma sociedade mais ética, justa e informada, esse sim é um dom que Deus nos deu.

Assim nasceu o CKM.blog.br – Contador Kleber Marques – com uma proposta diferente: apresentar a realidade da contabilidade pública brasileira através dos olhos de um contador público militante, efetivo e atuante.
Mensalmente, trouxemos textos que retrataram exemplos de casos reais, modelos para análise e assuntos que valorizaram o contador e a contabilidade pública brasileira.

Agora, também passaremos a trazer um novo quadro que terá o tema:

Somos a cara da Contabilidade Pública Brasileira.

A ideia é apresentar, mensalmente, um ilustre profissional da contabilidade pública brasileira que falará de forma resumida o seu currículo, sua atuação como profissional contábil e as contribuições que deixou ou está deixando para o Brasil e para CASP.
Não temos interesse em ganhar nada, financeiramente falando, a nossa intenção é apenas usar o nosso espaço, blog www.CKM.blog.br para homenagear e mostrar o que os mais diversos profissionais da área pública fazem muitas vezes de forma anônima por esse país.

Escolhemos alguns colegas por ter admiração pelo trabalho que desenvolvem, por nos inspirarem como profissionais, por saber da sua competência e dedicação na busca incessante de uma contabilidade pública brasileira cada vez melhor.

O homenageado do mês é o colega Contador MS. Douglas Caliman

Mestre em Administração (2014), especialista em Gestão Financeira de Empresas (2009) e graduado em Ciências Contábeis (2006), ambos pela Universidade Federal do Espírito Santo. Graduado em Tecnologia em Metalurgia e Materiais pelo Instituto Federal do Espírito Santo (2004). Graduado em Teologia Livre pela Faculdade Teológica Nacional (2017). Atualmente, Diretor da Divisão de Contabilidade do Departamento de Contabilidade e Finanças e Contador responsável pela Contabilidade geral da UFES. Pesquisador e Professor da Graduação e da Pós Graduação da Católica de Vitória Centro Universitário – Área de pesquisa: Contabilidades Pública e Gerencial. Professor de Pós Graduação da FAACZ. Membro da Comissão do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) UFES 2015-2019.

Considera-se como valor ao Contador Público o cuidado, zelo e amor pela coisa pública, pois pré-requesitos como comprometimento, ética, competência e responsabilidade são intrínsecos a atividade. O Contador Público deve entender que seu trabalho do dia a dia reflete na sociedade como um topo e, dessa forma, o trabalho deve ser executado de forma ainda mais eficiente e eficaz, com cuidado e zelo ainda maiores, com muito amor no clique do teclado, no teclar da calculadora ou na ponta da caneta.

Visualiza-se de extrema relevância o processo de convergência da contabilidade pública as normas internacionais de contabilidade estabelecidas pela Portaria STN nº 548/2015. O Contador Público deve quebrar o paradigma da visão orçamentária e implementar uma visão patrimonial e gerencial da coisa pública. Observa-se hoje que os profissionais, tanto os da geração X, quanto os da geração Y e Z, estão empenhados e abertos à inovação do processo de fazer contabilidade pública.

O contador Público deve ser figura fundamental na quebra de paradigmas da ordem pública vigente, sendo instrumento de excelência na prestação e serviços à sociedade.

Deve ser empático as demandas de nossa esfera e promover a parcimônia dos registros, das mensurações, das avaliações e respectivos testes. Não deve ser um “instrumento cerimonial de valor” mas sim ser um “instrumento institucionalizador e inovador”, pois novos caminhos estão sendo avistados para os próximos anos. Engana-se quem diz que o mundo é redondo ou o formato do brasil é político! Ele é quadrado e cabe dentro de nossos monitores. Dessa forma, temos que ter a consciência de que a profissão está evoluindo para um nível de dependência e responsabilidades ainda maiores, que precisaremos estar sempre buscando resiliência, capacitação, atualização e concomitante a isso, privilegiar sempre, a essência sobre a forma, a ética e amor ao nosso trabalho e atividade.

Kleber Marques

É Contador Público Federal no IFPB – Instituto Federal da Paraíba, possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Federal da Paraíba (2000) e Especialização em Perícia Contábil pela UnP (2002). É Instrutor/multiplicador da ENAP – Escola Nacional de Administração Pública e da ESAF – Escola de Administração Fazendária. Lecionou as disciplinas de Contabilidade Básica, Intermediária, Contabilidade Pública e AFO – Administração Orçamentaria e Financeira. Há dez anos responde pela Contabilidade do IFPB – Instituto Federal da Paraíba, assessora a Gestão com informações sobre a realidade orçamentária, econômica, financeira e contábil da instituição, em apoio ao processo de tomada de decisões e à adequada prestação de contas. Possui experiência na área de CASP-Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Orçamento, Finanças e Administração Pública. Foi responsável pela elaboração e divulgação dos RCPG – Relatórios Contábeis de Propósito Geral do IFPB. Em recentes acórdãos nº 958/2019, nº 1661/2018; nº 550/2018 e 2377/2017 – TCU – Plenário , o Tribunal de Contas da União, menciona seu trabalho publicado pela Contabilidade do Campus João Pessoa. O trabalho em questão foi desenvolvido com base no entendimento do Tribunal de Contas de União (TCU) de que a mais eficiente e proativa atitude para preservar os recursos públicos é prevenir que estes sejam desviados de seus propósitos. Dentre os trabalhos entregues ao TCU e aos demais órgão de controle estão: i) Relatório técnico sobre o Poder de Compra do Setor Público Federal em cumprimento ao Acórdão Nº 2377/2017 Plenário; ii) Relatório técnico sobre o Poder de Compra do Setor Público – Conselhos de Classe e Sistema “S” em cumprimento ao Acórdão Nº 550/2018 Plenário. iii) Relatório técnico sobre o Poder de Barganha do Setor Público em cumprimento ao Acórdão nº 1661/2018 – TCU – Plenário.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: